Manuel Lereno de Actor a Declamador

Manuel Lereno de Actor e a Declamador foi lançado em 2014 como o n.º 0 da Colecção Estudos Callipoartes.

O CECHAP procura com o projecto Callipoartes estudar os naturais de Vila Viçosa ou aqueles que a esta vila tenham dedicado parte da sua vida.

Vila Viçosa granjeou ao longo dos séculos significativa importância, não apenas no contexto regional, mas aqui e ali também no âmbito nacional.

Simultaneamente, esta simpática vila foi berço de gente ilustre nas mais diversas áreas do saber.

São susceptíveis de ser estudos todos aqueles que se destacaram pelas suas competências profissionais ou artísticas.

A Colecção Callipoartes serve para divulgar o resultado desses estudos.

Serve ainda para divulgar pela comunidade a vida e obra destes calipolenses notáveis.

Procura contribuir para lembrar, preservar e difundir a história e a memória daqueles que honraram o nome de Vila Viçosa.

O Estudo

Foi neste contexto que surgiu a intenção de estudar a pessoa e o artista Manuel Lereno, um calipolense do século XX, nem sempre reconhecido pelos seus conterrâneos.

Manuel Lereno é lembrado por quem trabalhou com ele ou simplesmente se deliciou a vê-lo trabalhar.

É recordado como um excepcional e extremamente talentoso profissional das artes dramáticas.

Foi presença assídua na televisão e rádio nacionais.

Embora calipolense “por acaso”, Manuel Lereno, nascido em 2 de Outubro de 1909, faz parte da restrita, porém gloriosa galeria daqueles que elevaram o nome da sua terra natal.

As suas competências no teatro, no cinema, no teatro radiofónico e televisão foram reconhecidas numa primeira fase da sua carreira.

Mais tarde, destacar-se-ia também como encenador, declamador, poeta, letrista, criador, escritor, tradutor e adaptador de peças de vários autores.

Uma carreira em cheio do «artista calipolense “acidental”», como refere o historiador Joaquim Saial, autor do prefácio deste caderno e um estudioso e entusiasta de Manuel Lereno.

geral@cechap.com​

confinanciado por

Close Menu